Trabalhar com o que parece impossível sempre esteve nas premissas da Gasp. Começamos a criação dos produtos através do financiamento gradativo, onde cada calçado vendido nos dava capital para a produção do seguinte, como você pode ler aqui. Aos poucos fomos aprendendo a lidar com esse modelo de slow fashion,  chegando no Verão 2018 com uma coleção que oferece unidade visual a partir de materiais que seriam descartados.

Como os Materiais São Reaproveitados?

Em Novembro de 2016, uma grande fábrica de calçados cruzou o nosso caminho. Estavam fechando as portas e prestes a se desfazer de ferramentas, moldes, máquinas e diversos outros insumos. Foi aí que demos uma guinada de vez rumo ao upcycling e à economia criativa: levamos todos os recursos para o galpão da Gasp, onde foi a nossa primeira sede, e nos debruçamos sobre esse novo desafio.

Criar a partir do que já existe no mundo se tornou uma das nossas prioridades para o ano de 2017. Nesse período catalogamos materiais, começamos a entender melhor nossas matérias primas e usamos de muita criatividade para chegar à estação mais quente do ano com a Coleção Lixo Lógico.

Do Descarte ao Design

Para o Alto Verão 2018, criamos calçados com uma unidade visual concisa. São sandálias, chinelos, sapatos e tênis mais abertos, com cores amenas que combinam com esse momento mais tropical do ano.

Conheça nossos queridinhos:

 

Fotos: Alice Maneschy
Produção e Stylin: Kamila Olstan e Larissa Cidral
Maquiagem: Andrielly Suzani
Modelos: Binho Cidral e Bruna Karine

Veja todos os modelos de calçado aqui.

Deixe um Comentário